E aqui continua do mesmo jeito. Sentimentos indagados no meu coração, uma nostalgia insana e destroços de um amor singular transformados em tristes lágrimas que não param de sair de um só rosto cansados de sofrer por uma só pessoa. E novamente me vejo em um estado nada comun de nostalgia de si e de você, me prometi que seria diferente dessa vez mas não foi, meu coração com remendos inacabados não suporto a sua falta e esse amor, que me mudou de um jeito impressionante. Agora quero silenciar-me, se não serei capaz de gritar o meu amor por ti e esse amor só irá aumenta no meu fragio coração. Quero me manter o mais longe possível de ti para evitar simples buscas incontroláveis e inacabáveis. Suas dosses de amor esperimentadas por mim foram excessivas. Eu deveria ter buscado o real significado de amar, agora não tem mais remédio para essa nostalgia que sinto de mim mesma e de você, por isso permaneço como você me deixo.



1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
theme por sabedorias, com detalhes de desesperancoso e criminalmaps.
And she will be loved.
I do not mind spending everyday on your side.

pastadeamendoimcomgeleia:

I want them all

(Source: thecutestofthecute)



Posted 1 month ago with 634,803 notes · reblog this
originally thecutestofthecute via coisasdemeninoos


Não puxo saco de ninguém, detesto que puxem meu saco também. Não faço amizades por conveniência, não sei rir se não estou achando graça. Odeio dois beijinhos, aperto de mão, tumulto, calor, gente burra e quem não sabe mentir direito.
Caio Fernando Abreu.    (via ultimosonho)

(Source: antigapoetisa)



Posted 1 month ago with 70,389 notes · reblog this
originally antigapoetisa via ultimosonho


(Source: osmelhoressecrets)



Posted 1 month ago with 15,036 notes · reblog this
originally osmelhoressecrets via ser-f0rte


Ela é de fase, toda bipolar. Cheia de marra, durona por fora e coração mole por dentro. Toda inocente, toda estressada e toda apaixonada. 



Posted 1 month ago with 6,031 notes · reblog this
originally goxtosaa via goxtosaa


Só me fala que vai me aturar. Aturar todas as minhas crises de ciúmes, meus momentos - não tão raros - sem paciência, as minhas desconfianças e meus surtos de insegurança. Aturar meus dramas, minhas teimosias, minha arrogância, minhas piadas sem graça e o meu não-romantismo. Aturar todos os meus tipos de provocação, meu amor por outras pessoas, minhas mudanças inconstantes de humor e de temperamento. Aturar minha mente confusa, minha memória irritante, minha sinceridade exagerada. Aturar quando eu falar que te amo mais e também quando eu não falar que te amo. Aturar e segurar tudo não por mim, nem por você… Mas por nós.
Tati Bernardi  (via ultimosonho)

(Source: renovador)



Posted 1 month ago with 6,220 notes · reblog this
originally renovador via ultimosonho


(Source: filosofias-de-banheiro)



Posted 1 month ago with 1,565 notes · reblog this
originally filosofias-de-banheiro via faz-sonhar




Posted 2 months ago with 22,629 notes · reblog this
originally nevoador via bruudamiana-deactivated20140804


(Source: livre-pra-ser-eu)



Posted 2 months ago with 23,209 notes · reblog this
originally livre-pra-ser-eu via ironicallygirl


(Source: shoo-t)



Posted 2 months ago with 331 notes · reblog this
originally shoo-t-deactivated20140808 via umromeuperdido


O amor não é um hábito, um compromisso, ou uma dívida. Não é aquilo que nos ensinam as músicas românticas – O amor é… Sem definições.
Paulo Coelho. (via cativando-memorias)

(Source: d-ecifradora)



Posted 2 months ago with 2,097 notes · reblog this
originally d-ecifradora via cativando-memorias